terça-feira, 29 de julho de 2008

Grandes massas para depois ir para os planos menores.

Longe dos pincéis. De vez em quando damos uma parada, para avançarmos. Uma coisa que sempre nos foi dita é que a estrutura bem feita é fundamental, pois vai reduz as refações mais prá frente. Fizemos um exercicio onde procuramos colocar no papel em 3minutos, uma referencia fotográfica, a base do que seria a pintura. Não se busca a semelhança ou perfeccionismo. A pressão do tempo, faz com que deixemos pra trás detalhes e nos ocupemos do essencial de forma ordenada, referenciada e ao mesmo tempo solta. A ordem é olhar para as grandes massas para depois ir para os planos menores. A estrura do desenho sem detalhes e sem excessos, te dá liberdade para fazer correções com total desapego.

Um comentário:

leonardo climaco disse...

Legal a iniciativa de postar o desenvolvimento de seu aprendizado!
Eu tambem frequentei o atelier do Mauricio e acho uma experiencia e tanto...mais infelizmente por falta de tempo tive que abandonar...
Boa sorte com os estudos e sucesso! Irei acompanhar suas postagems.
Leonardo Climaco